top of page

COMPETITIVIDADE E COMBATIVIDADE NA SUA VIDA PROFISSIONAL.

Queira você ou não, o conceito de competitividade está intrínseco no ser humano desde as suas origens.

Desde sempre, o ser humano assumiu, como forma de sobrevivência, a competição pela vida, desenvolvendo estratégias e inconscientemente absorvendo conhecimentos em função das suas experiências.

Se você é uma pessoa que tem a mente aberta para perceber a necessidade da competitividade e da combatividade nas nossas carreiras, então fique comigo e vamos entender um pouco mais sobre esses conceitos e os seus benefícios nas nossas vidas profissionais.

Nunca se esqueça que a competitividade, independentemente de você gostar ou não, deve ser uma necessidade a ser entendida, organizada e trabalhada e lembre-se que a sua produtividade profissional está atrelada à sua capacidade colocar em prática o conceito da competitividade e da combatividade.

A competitividade deve ser vista e aplicada de uma forma saudável, inteligente e construtiva na sua vida profissional. Assim, você pode competir com os seus próprios resultados, com a sua própria performance e com a sua própria produtividade. Além disso, você deve aprender a forma saudável de competir com os seus concorrentes e com os seus adversários.

Recordo que, quando você pensar em competitividade não convém misturar os seus piores sentimentos numa fórmula que necessita de pragmatismo, de raciocínio lógico, de frieza de temperamento, de posicionamento estratégico e de assertividade, sem nunca deixar as suas piores emoções tomarem conta da situação.

É por isto que a competitividade pode e deve ser vista e aplicada de uma forma estratégica e trabalhada, dia a dia, para ser melhorada em busca de melhores resultados profissionais.

Imagine se um atleta profissional não aprendesse, desde cedo, o conceito e o verdadeiro significado do conceito de competitividade? Certamente, a sua performance seria afetada, negativamente, pelas suas piores emoções.

Aqui entra outro conceito muito interessante, o conceito da combatividade.

Se você pensar apenas na definição desta palavra, você terá tendência de cair para o conceito de agressividade. Mas não é isto que eu estou tratando aqui. Aliás, bem longe disto!

Na minha concepção para que você aprenda a competir profissionalmente visando o crescimento da sua carreira, é fundamental que você aprenda a ser combativo(a), isto é, que você tenha confiança, persistência, resiliência, fé, sem nunca deixar que a passividade assuma o comando da sua carreira profissional.

É a combatividade que inspira, que mantém uma pessoa na rota, que ajuda a balizar a sua trajetória profissional.

Em resumo, se você perder a combatividade será muito difícil se manter competitivo(a) no contexto profissional. Afinal, a combatividade associada aos conceitos de persistência, de fé para seguir em frente, de luta contra a passividade, de resiliência para saber esperar, foram e são conceitos de grandes vencedores e de grandes personagens na história mundial. Pessoas que fizeram a diferença e que fizeram das suas vidas, verdadeiros exemplos de prosperidade e de crescimento. Muitas vezes, foram pessoas que impactaram positivamente muitas vidas e as comunidades em que viveram e, por vezes, arrastaram a humanidade para o progresso.

É fato que não existe um único caminho para absorver completamente os conceitos de competitividade e de combatividade, assim como, não existe uma única forma de colocá-los nas nossas vidas profissionais. Porém, eu estou convencido de que se entendermos ambos os conceitos e começarmos a aplicá-los nas nossas carreiras e das nossas vidas profissionais como um processo necessário para o nosso crescimento profissional, aí sim, poderemos fazer a diferença nas nossas carreiras e até nas sociedades em que vivemos.

Se assim for, estaremos próximos de começar a entender os nossos verdadeiros propósitos ao acordarmos de manhã e seguirmos em frente nas nossas jornadas profissionais, competindo e combatendo, sempre em busca do melhor.

Neste momento você pode estar se perguntando: e aquelas pessoas que usam a competitividade e a combatividade sem escrúpulos e sem moral? Pessoalmente, eu acredito que seja uma opção perigosa e doentia para este tipo de pessoas. Estamos repletos de exemplos, próximos e distantes de nós, de pessoas que optaram por estes caminhos nas suas carreiras e que terminaram, muitas vezes, completamente afetadas e contaminadas pelos seus próprios venenos.

Mas eu venho, novamente, recordar que a competitividade e a combatividade não têm nada a ver com este tipo de perfil de pessoas. Sabe por quê? Porque, para ser competitivo(a) e combativo(a) e ainda gerar bons resultados, é preciso ser forte, é preciso ser dono(a) de uma moral sã e, fundamentalmente, é preciso já ter entendido que o caminho para a produtividade, para alta performance e para o sucesso é o caminho da única verdade e não apenas da sua verdade. Tudo de resto pode até parecer momentaneamente ótimo, mas certamente desabará, mais cedo ou mais tarde.

Entendeu? Agora, pare e pense.

O que eu posso melhorar para me tornar mais competitivo(a) e combativo(a), profissionalmente?

Se competir me torna próspero e se é preciso ter força de caráter e de vontade para prosperar, como eu estou competindo, profissionalmente?

Quais serão as minhas estratégias para mudar, de uma vez por todas, a minha autoimagem profissional, buscando consistência, verdade, autonomia, segurança e força no meu dia a dia profissional?

Como farei para ser combativo(a), sem me deixar abalar ou cair, perante as investidas agressivas que, eventualmente, poderão surgir na minha rotina profissional?

Para terminar, eu garanto para você que está começando agora a sua vida profissional, para você que está se sentindo cansado da sua jornada ou para você que pretende virar o jogo da carreira, que um dos primeiros passos para seguir em frente é refazer os seus conceitos sobre a necessidade de reencontrar a sua capacidade de competir e de combater no seu dia a dia profissional.

Crie o seu mantra, mas não se esqueça que graças a competitividade e a capacidade de combatividade, o ser humano prosperou desde os tempos remotos e continua prosperando até os dias atuais.

Combata a sua indisciplina, os seus medos e abrace uma competição saudável em busca da prosperidade na sua carreira.


Comments


bottom of page